Menu

Profissionais da Saúde

Macroscopia

A macroscopia é o primeiro contato do patologista com o material retirado de um paciente.

É parte importante do exame anatomopatológico, e utilizada desde que Giovanni Battista Morgagni na Universidade de Pádua - Itália, 14---, publicou o livro a "Causa...... Indagações Anatômicas."

A macroscopia é extremamente útil para ver não só a dissecção do material enviado ao laboratório, mas também para orientação de que parte do material deverá ser enviado para estudo microscópico.

Da Macroscopia saem as decisões de que material poderá ou deverá ser enviado a estudos complementares, tais como histoquímica, imuno-histoquímica, biologia molecular e genética.

A sala de macroscopia deve ter uma política própria com protocolos escritos de como proceder com cada espécime.

Protocolos de macroscopia determinam a aceitação ou rejeição de espécimes cirúrgicos; separação da carga de trabalho participante; urgência ou do encaminhamento; documentação fotográfica.

A equipe da sala de macroscopia deve ter o conhecimento necessário para trabalhar o material com todos os cuidados afim de que o produto final esteja com todas as condições para que não haja contaminação do "ambiente".

"Nenhum tipo de trabalho nesta área deve ser considerado superior a qualquer outro, mesmo que o conhecimento exigido para alguma atividade seja maior do que os outros. A simples ação de identificação de outro material e no contexto geral, tão importante quanto a dissecção do espécime... " ( Modern Surgical Pathology – 2° Editora Nova)

A sala macroscopia deve estar equipada com todo material exigido para o trabalho. Desde lâminas, facas, bisturis, pinças e tesouras até sistema de informática e de arquivamento de imagens (foto de nossa sala de macro e de congelação).

Compartilhe: